Projeto: Desafios e ações para o manejo do fogo em áreas de cerrado no norte de Minas Gerais



Esta pesquisa está sendo realizada nas Unidades de Conservação APA Cochá e Gibão, APA Rio Pandeiros, APA Cavernas do Peruaçu e na Terra Indígena Xacriabá pertencentes ao Mosaico de Áreas Protegidas Sertão Veredas - Peruaçu. Estas áreas são predominantemente representadas pelo Cerrado, e suas características fitofisionômicas fazem com que este domínio vegetacional apresente uma alta susceptibilidade à ocorrência de incêndios. Portanto para proteger estas áreas são essenciais estratégias claras de monitoramento e manejo do fogo. Esta pesquisa propõe a elaboração de um modelo de susceptibilidade a incêndios florestais assim como um Zoneamento do risco de incêndios florestais nestas áreas, que possibilitem uma tomada de decisão eficiente e direcionada pelos gestores das Unidades de Conservação e ações para a conscientização da população local. Além disso também é proposta a análise do carbono orgânico presente no solo das veredas (fisionomia do Cerrado com solo rico em matéria orgânica), no intuito de avaliar os efeitos da liberação desse carbono em decorrência dos incêndios.

Para saber mais sobre a pesquisa é só entrar em contato com os pesquisadores responsáveis: Prof. Dr. Luiz Eduardo Moschini, Doutoranda Lívia Dias e Apoio Técnico Bruna Felix

Apoio Financeiro: Processo: 380047/2019-5 - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


29 visualizações
  • Facebook

©2019 by LabGCAm/UFSCar.